Cantinho do Video

SAMAMBAIA : Tudo o Que Você Precisa Saber

4,274 Visualizado
URL

Você não curtiu. Obrigado pela sua opinião!

4 months atrás em Plantas Hortas e Jardinagens
DIREITOS AUTORAIS: Minhas Plantas

Quem brincou na casa dos avós, lembrará que lá existia ao menos uma bela samambaia pendurada numa parede. Essa adorável planta com jeitão vintage, foi revisitada e virou uma paixão moderna. Nossa jardineira Carol Costa visitou as estufas de Giardino di Cosi, para conhecer um mar de samambaias e todos os segredos dessas jurássicas plantas. Depois de assistir este vídeo, você cuidará de suas samambaias como um profissional!

Samambaias são os dinossauros das plantas, tão antigas que nem se reproduzem por flores, e sim, através de esporos. Aquele processo, de flor sendo polinizada por inseto e virando cápsulas de semente, nem existia e as samambaias já deixavam seus descendentes através daquelas “bolinhas” do verso de suas folhas. Semente é um termo errado para designar a formações que aparecem nas folhas de samambaias adultas mas, é uma forma fácil de explicar pra grande maioria das pessoas, como a planta se reproduz. Se você acabou de adquirir uma samambaia em um garden center ou floricultura, é bem provável que ela ainda não tenha esporos, já que as plantas comercializadas são quase sempre jovens. Aliás, se quiser samambaias como as do vídeo, pode solicitar ao gerente do seu garden center, pet shop ou hipermercado preferido, que adquira diretamente com o Veiling Holambra, distribuidor exclusivo das plantas de Giardino di Cosi.

As samambaias mostradas neste vídeo são da espécie samambaia-americana (Nephrolepis exaltata). Essas plantas não curtem correntes de vento e adoram umidade. Lembra que elas quase sempre eram cultivadas em xaxins? Os antigos vasos desse material mostram o tipo de substrato que uma samambaia ama: poroso, segurava a umidade sem deixar água acumular. E essa regrinha de evitar vento e boa umidade serve para todos os tipos mais conhecidos e cultivados de samambaias: americana, havaiana, prateada, de metro, andorinha…

Outra particularidade dessa planta: adora claridade. É comum trazer aquela samambaia cheia de ramos e, aos poucos, um dos lados do vaso começa a perder folhas. Isso acontece porque o lado que recebe menos luz do sol acaba definhando. A dica profissional é, quando ter uma samambaia toda verde, virar o vaso aos poucos, para que cada parte da planta receba claridade. Só um tico, uns 12 graus (alô, professor de geometria!) a cada mês. Se a planta está com todos os lados bem maltratado, com ramos secos, aí, só resta remover os galhos e partir pra uma nova samambaia.

Deixe um comentário!