Cantinho do Video

4 Passos Para Acabar Com As Pragas – Salve Suas Plantas

URL

Você não curtiu. Obrigado pela sua opinião!

3 dias atrás em Plantas Hortas e Jardinagens
DIREITOS AUTORAIS: Minhas Plantas

Pragas podem tirar o sono de jardineiros novatos ou experientes. Quando uma infestação acontece, é preciso se munir de ferramentas, alguns produtos, uma dose de coragem e muito conhecimento. Neste vídeo, nossa jardineira Carol Costa mostra como recuperar uma planta tomada por uma praga bem conhecida. O tratamento foi radical, mas vale assistir o vídeo até o fim, pra ver o resultado!

Um inseto ou outro numa planta é algo normal, faz parte do ecossistema de qualquer jardim saudável. Joaninhas comem pulgões, pássaros se alimentam de besouros, aranhas capturam moscas, e tá tudo bem com essa diversidade. O problema é quando uma ou mais pragas acabam tomando a planta, num claro desequilíbrio. Pode ser pouco adubo, falta de raios solares ou outra condição que deixou a verdinha fraca e, uma coisa leva à outra. Quando isso acontece, é preciso agir rápido e de forma eficiente. Nossa professora jardineira aplicou quatro técnicas pra recuperar um Ficus altissima de uma infestação de moscas-brancas. Antes, Carol teve certeza de que a quantidade de insetos estava fora de controle, contando por amostragem os bichinhos que encontrava no verso da folha.

#1 – Podar
Com uma tesoura de poda, Carol descartou primeiro as folhas que estavam tomadas pelas moscas-brancas. Depois, cortou os galhos próximos das gemas, pra que ao rebrotar, a planta tivesse força e garantisse novos galhos. Após a poda, usou um produto chamado SilTAC, um concentrado pra controle de ácaros e insetos da All Garden. Carol diluiu o produto em água, seguindo as orientações da embalagem e, com um pulverizador de pressão acumulada, borrifou toda a planta e também as palhinhas do substrato.

#2 – Combater
O tratamento não está completo, se não houver um acompanhamento. É quase uma regra manter as aplicações e cuidados com a planta pra garantir que ovos de pragas não eclodam e a planta seja tomada novamente. A aplicação do produto deve ser feita uma vez por mês.

#3 – Adubar
Fique de olho na adubação, pra suprir toda a necessidade da planta. Ela precisará de macro e micronutrientes pra se recuperar da poda e ter forças pra evitar uma nova infestação. Um adubo completo é indicado, por isso, Carol usa Bokashi farelado da Forth Jardim, de acordo com a instrução da embalagem.

#4 – Prevenir
Pra garantir que as moscas-brancas não voltem a aparecer na planta, o uso de iscas entomológicas é uma boa ideia. As pragas, que não são bobas nem nada, voam pra longe da planta e, na primeira oportunidade, voltam pra onde um dia foi sua morada. É aí que as iscas fazem seu papel: atraem os bichinhos voadores nocivos com sua cor amarela e, eles ficam grudados. Besourinho, cochonilha, mosca-branca, cigarrinha, paquinha, mosca-de-fruta, pulgão-alado… a lista de insetos que podem atacar sua planta é grande, mas fica sussa que abelhas, joaninhas, aranhas e outros bichinhos do bem dificilmente caem nessa, porque a cor da isca não os atraem.

Deixe um comentário!